Timidez involuntária

16 maio

Se tem algo que não sou é tímida.

Precisa de alguém pra se comunicar com todos da empresa: é comigo mesmo.

Precisa de alguém para falar em público: é só o tempo de respirar fundo e começar o discurso.

Precisa de alguém para falar com estranhos: lá estou eu.

Eu não apenas faço, como me ofereço para fazer. Não apenas me ofereço, gosto de participar.

Mas tem uma coisa que me mata de vergonha: falar uma língua estrangeira em público.

Não sou expert em inglês e nem em espanhol, mas no geral sei me virar. Nada que me faça passar vergonha, as pessoas me entendem e eu entendo as pessoas. Sei que posso manter uma conversa em outra língua.

Mas não consigo. É só começar e ficar roxa de vergonha. A garganta seca, a voz some e tudo que posso fazer e procurar um buraco para me esconder.

Alguns dizem que é falta de prática, mas como praticar se tenho vergonha de falar?

Acho que a solução só pode ser na sala de aula ou no divã do analista. Ou os dois?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: